Bélgica

Dia 19 peguei um trem de Bonn para Bruxelas, fui à Bélgica visitar o Sander (antigo amigo belga que conhecí no Brasil). Ele mora em Gent, uma cidade estudantil muito charmosa e antiga. Gent est bere! Simplesmente a cidade mais legal que eu já visitei, tem tudo: muitas catedrais góticas super-antigas, castelo medieval, cervejarias excelentes [a Bélgica é o país da cerveja-há mais de 270 tipos de cerveja], muitos estudantes, bastante festa, e paisagens lindas.

De Gent fui a Bruges, uma outra cidade turística pequena, muito popular na Europa, mas não tão atrativa quanto Gent. Gent tem também muitos parques legais onde o pessoal vai pra curtir o verão. De Bruges fomos de trem para Roeselare, uma cidade minúscula onde o Sander estudou o segundo grau. Depois de Roeselare fui para Bruxelas passear mas infelizmente lá não foi tão legal. Bruxelas é uma cidade muito grande, quase como Porto Alegre, sem um clima romântico e apaixonante como as outras cidades menos populares tem. Bruxelas é só uma grande capital, com uma economia tão fervilhante que a gente chega a sentir o estresse no ar. Por isso ela foi menos interessante turisticamente.

A Bélgica tem muitas coisas que são únicas na Europa; mas não dá pra colocar foto de tudo, senão o blog fica muito grande. Mas a quantidade de parques e igrejas/catedrais que há em Gent é simplesmente impressionante. Depois do tour pela cidade, praças, e contruções importantes, fomos a um parque/praia com o irmão dele e sua namorada; onde muita gente se reunia para aproveitar o tempo bom no verão Europeu. Pena que não foi nada como as praias do Brasil, cheias de brasileiras😉 … Depois mais a noite, jantamos em um restaurante tradicional (massa 4 queijos, muito bom). Depois do restaurante fomos para a margem do rio na cidade onde tem os prédios antigos, onde também tinha uma galera reunida. conhecí alguns amigos do Sander, e depois de umas horas alí andamos mais pela cidade, passando pelo “Red Light District” belga (bairro da prostituição famoso mundialmente) e pelos bares e pubs.

Esta é a estação de trem de Gent, uma das mais bonitas que eu já ví. Óbvio que estava em reformas, pois como de costume, eu não visito prédio bonito que não esteja em reformas…

Aqui a primeira igreja que eu ví, construída ao lado das ruínas de uma igreja medieval.

 

Ponte de entrada de Gent, de onde se tem a melhor vista, com a catedral gótica no meio, o belforte ao fundo-direita, mais uma catedral bem na direita, e outra catedral menor bem à esquerda.

Olhando para a esquerda da ponte de entrada de Gent, as margens do rio com os bares/cafés/restaurantes. Aqui os estudantes se reúnem todos os dias pra curtir o sol e bater-papo.

Só pelo meu gosto por arquiterura: os prédios mais antigos em detalhe, o mais cinza é de 1676.

Mais uma pela arquitetura: prédios em frente a um mercado público, na lateral do castelo medieval.

 

Vista noturna do rio e os prédios bonitos…

O Belforte (prédio de alarme medieval, contra fogo, terremoto, tornado, etc.) à noite

Entrada do Castelo Medieval Grabensteen.

 

 

Ao fundo, a “catedral da esquerda”, na ponte de entrada.

 

 

…e nas margens do rio…

…nos “atracadouros” para os barcos…

 

Bruges

Parque central de Bruges, depois de chegar numa estação de trem feia e lotada de bicicletas. Aqui, assim como na Europa em geral, as bicicletas são um meio de transporte comum. Só no estacionamento da estação devia ter mais de 4 mil.

 

Uma torre medieval no meio do parque, ao lado da ponte.

Um dos muitos prédios bonitos dentro do parque.

Entrada de uma catedral.

 

Torre de um restaurante.

 

Bruxelas

Como eu disse antes, a visita em Bruxelas não foi tão interessante quanto o resto. Isto principalmente porque em Bruxelas é tudo muito longe, enquanto nas outras cidades há coisas muito mais coisas interessantes e bem perto uma da outra. Mesmo assim Bruxelas ainda é muito bonita com construções góticas lindas.

Esta é a catedral de São Paulo, a mais bonita que eu visitei em Bruxelas.

Há centenas de anos um menino tentou apagar o grande incêndio de Bruxelas assim como ele aparece aí na foto. O pessoal de lá achou bonito e fez uma estátua pro guri…
Brincadeiras à parte, este é o Manneken Pis, e a história é verídica! Diria eu que é o ponto turístico mais famoso da Bélgica.

 

Na praça principal de Bruxelas tem SÓ construções lindas, este é um exemplo. Alí ficam vários órgãos governamentais, inclusive da União Européia (A Bélgica é a central da EU).

Outra construção impressionante – detalhes em ouro!

 

Aqui termina a viagem para a Bélgica. Como dizia um grande amigo, “Viajar é pessoal e intransferível”; tentei colocar aqui as fotos mais legais e mais bonitas para passar um pouco do que eu ví. Olhando agora que está pronto, decepciona, porque, é claro, estas fotos mostram quase nada. Enfim foi uma viagem inesquível não só pelos lugares fantásticos, ou pelas “delícias” da culinária belga (milkshake de chocolate, batatas-fritas, waffle, crépe, cervejas, chocolates), mas também pela companhia do pessoal!

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s