Último dos moicanos

Chaves Às 19 horas e pouco de hoje, nos despedimos do Cezar lá no aeroporto de Pirkkala. O Júlio passou aqui em casa para levar ele; eu e Ita fomos junto. Finalmente o desejo tão esperado está se realizando e ele está voltando para casa. Fazia 2,5 anos que estava aqui para fazer o mestrado, sem voltar para o Brasil. Estava cansado da finlândia, seja da cultura ou do clima; dava pra sentir no discurso dele que ele queria muito voltar para casa, para o querido Brasil.

“Cara… churrasco cara, eu quero caaaaaarne

Churraaaaaasco

Nem lembro quem me deu o telefone dele; acho que foi o (legendário) Fabrício (que já está aqui há uns 12 anos). Teve um dia em agosto (2006, logo depois de chegar) que eu resolví fazer contato. Até então era o único brasileiro universitário em Tampere. Logo que nos conhecemos eu pensei “poutz que cara meio estranho”… hoje olhando para trás parece que nos conhecemos ontem. Em abril de 2007 ele passou de parceiro de festas a flatmate. O cara que eu conheco que mais reclamou de comida; mas também, ninguém merece almocar naquele Juvenes…

Juvenes

A gente fez muita coisa junto durante esses quase 2 anos – viagens, festas, trabalho.

BebopVoltando do Bebop.

Riga No avião…

VappuVappu

Bem, o retorno do Cezar ao Brasil é um marco importante. Não só porquê é um grande amigo que está indo embora, nem porque é o último dos meus amigos do primeiro ano (é, agora só resto eu). Mas também porque com alguém tão próximo assim voltando para o Brasil, a saudade to Rio Grande vai aumentando e dá aquela vontade de fazer as malas e voltar também. Se eu não tivesse conhecido o Cezar eu nem teria procurado emprego na Flander.

Teste, teste, 1, 2, 3(Testando os telefones na Flander)

Mas é isso, tava na hora de voltar. No apartamento meio vazio ficaram vários cacarecos pra trás, mas barbaridade – que presentes tu deixou cara! Microondas, utensílios de cozinha (até panela de pressão!!!), e por último a TV de plasma! Ô louco!

Deixo aqui um obrigado final, e o desejo de sucesso no Brasil. Me aguarde aí que um dia eu vou te visitar.

2 thoughts on “Último dos moicanos

  1. Oi e aih cara, bá adorei teu blog! Tava procurando por dicas sobre Hameenlinna e cai nele!! Muito tri mesmo!! Continue dando dicas sobre a Finlândia aí, já que tõ mi tocando no meio do ano praih!!

    Aaah PS: vou fazer um estoque de churras no meu organismo acho,hehehe!!
    Abrçs

  2. manooooooo

    daqui a poquinho é tu!
    adorei a homenagem ao Cezar (é como se conhecessemos ele)…te esperamos em casa!
    e em breve ele tb, né?!
    então..não te esquenta!
    tu sabe que amigos assim ficam pra sempre…

    te amo lindão!
    5 DIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAS!!!!
    nem consigo acreditar..parece que faz uma eternidade que não te vejo!
    beijooo

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s