Eurotour 3/8 Roma

Saímos de Londres dia 3.7 em um vôo da Ryanair. Para chegar até o aeroporto tivemos que pegar um trem da Liverpool Station até o aeroporto de Stansted (uma “cidade satélite”). As inspecões de seguranca na Inglaterra, a princípio, deveriam ser as piores; mas no final das contas entrar e sair da Inglaterra foi muito tranqüilo.

Bem, chegamos em Roma no final do dia, à noite[1]. Descemos no aeroporto de Ciampino, que não fica em Roma na verdade. [Quase]Todos os vôos da Ryanair saem ou chegam em aeroportos que não são realmente nas capitais (como aparece no website deles), então depois de desembarcar tu ainda tem que pegar uma conexão para chegar no destino “de verdade”. No caso de Roma, foi um ônibus que levou mais ou menos 45 minutos até a estacão Termini de Roma; de lá pegamos outro ônibus de linha até a Casilina-Gallarate, e depois caminhamos até a Pazza Lodi. Ficamos no Hotel Lodi, onde tivemos uns dos melhores cafés da manhã no jardim super aconchegante a bem cuidado.

Roma é uma cidade razoavelmente bonita, tem muitas atracões turísticas (históricas); mas é muito baguncada, e consideravelmente suja (OK, eu sei que minha opinião é com base na Finlândia…). Claro, Roma não pode ser usada como base para rotular a Itália inteira, principalmente porque se trata de uma cidade turística… além disso a visão que a gente (o turista) tem é sempre parcial. Dizem por aí que é a cidade européia com o pior trânsito – realmente tive que concordar, é pior que Londres… As minhas impressões sobre a cultura dos Italianos de Roma não são nada boas: os caras estão sempre querendo te passar a perna! Mentir é prática comum, principalmente quando se refere à tempo – frases que eu decorei: “ah, não vai demorar muito não, só uns 10 minutos…” e “esse era o preco sem taxa, com a taxa é obviamente mais caro…”

Coliseu
Coliseu

Acho que o Coliseu foi o lugar mais interessante que visitamos em Roma. Lá dava pra sentir o ar mais pesado, dava até pra imaginar os gladiadores lá embaixo se golpeando… Outros lugares muito interessantes foram:

  • O Monte Palatino, uma das sete colinas de Roma. Tem 70 m de altura e nas suas encostas foram construídos, de um lado, o Fórum Romano, e do outro, o Circo Máximo. O local é hoje um grande museu ao ar livre, visitado durante o dia. A bilheteira localiza-se perto do Arco de Tito, no Fórum. Diz a lenda que em uma das cavernas (Lupercal) deste monte foi onde a lobo encontrou Romulus e Remus e os manteve vivos.
  • O Fórum Romano, onde comecou o desenvolvimento da antiga civilizacão romana;

    Forum
    Forum
  • O Circo Máximo, que foi uma arena antiga e local de entretenimento na antiga Roma.

    Circus Maximus
    Circus Maximus

Pouca gente se dá conta que Roma é uma das poucas cidades do mundo que contém um país inteiro dentro – o Vaticano [2][3]. Pois é, o Vaticano é um país, talvez o menor de todos. O que se inclui alí dentro é a Catedral de S. Pedro, a Capela Sistina, e o Palácio Apostólico, entre outros prédios menos importantes. O território do Vaticano equivale a 0,44km²! Isso equivale à apenas algumas quadras. Olha aí:

Área do Vaticano
Área do Vaticano
Praca de Sao Pedro
Praca de Sao Pedro

A visita ao Vaticano foi rápida, e não deu tempo pra assimilar toda a cultura, história, e espiritualidade contida alí. São muitos anos de acontecimentos importantes; muitas imagens, construcões, estátudas, histórias. Eu não vou me dar ao trabalho de escrever sobre tudo isso aqui, quem tiver interesse pode achar muita coisa no youtube[4], etc. O que eu posso dizer é que realmente não dá pra explicar como este lugar é grandioso, glorioso. Valeu a pena MESMO.

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s